quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Características do Jornal O Vizinho (JOV)

"Jornal panfletário a serviço da comunidade e defesa do ambiente" com distribuição gratuita de porta-em-porta em 43 bairros de Joinville, região norte de Santa Catarina, atingindo mais de meio milhão de pessoas.

Esse é mais um produto do Bureau de Comunicação.

Tabela de preços do JOV (Jornal O Vizinho)
Revisada e atualizada em junho de 2015

Classificado de linha (para pessoa física): R$ 1,49 a linha (venda exclusiva no balcão)
Publicação Legal: R$ 40,00 cm/coluna
Anúncio páginas internas Cor ou P&B: R$ 36,10 cm/coluna
Anúncio páginas centrais (miolo) Cor ou P&B: R$ 38,75 cm/coluna
Anúncio Contra-capa Cor: R$ 53,50 cm/coluna
Anúncio Capa Cor: R$ 69,50 cm/coluna
Página de Classificados Imóveis e Veículos: R$ 1.180,00
Panfletagem de Massa: R$ 89,50 o milheiro (Mais informações)
Panfletagem Domiciliar: R$ 147,00 o milheiro 
(Mais informações)
Encartes: R$ 195,00 o milheiro 
(Mais informações)
Sobre Capa Cor ou P&B: R$ 4.450,00 com distribuição nos semáforos ou dirigida de acordo com a necessidade do cliente; impressão em papel especial; mínimo 4 páginas; tablóide.



Mídias de governos municipais, estaduais e federal e grandes clientes privados têm preço de parceirização:
Desconto de 10% nos anúncios de meias páginas comerciais.
Desconto de 20% nos anúncios rouba-página

Formato da edição impressa
Meia página comercial = 6 colunas (260 mm) largura X 170 mm altura;
Anúncio Rouba Página = 5 colunas (216 mm) largura X 300 mm de altura
Página Comercial = 6 colunas (260 mm) largura X 340 mm altura
Linha editorial: Jornalismo convencional
Formato: Tablóide
Tiragem: 5000 exemplares
Distribuição: Gratuita sob a forma de arrastão comercial em locais de grande fluxo de pessoas
Papel: Jornal
Impressão: Gráfica de Terceiros
Nº de colunas por página: 6 colunas

Largura do espaçamento entre colunas: 4 mm
Largura da mancha de uma coluna: 40 mm
Largura da mancha de duas colunas: 84 mm
Largura da mancha de três colunas: 128 mm
Largura da mancha de quatro colunas: 172 mm
Largura da mancha de cinco colunas: 216 mm
Largura da mancha de seis colunas: 260 mm
Mancha: 260 mm largura e 355 mm altura
Nº de páginas: Mínimo 4 (quatro)
Cor: Todas as páginas
Periodicidade: Semanário
Fechamento: Quartas-feiras


Data de circulação da primeira edição do JOV: 10 de abril de 1991

Dados Cadastrais da empresa editora
Bureau de Comunicação e Eventos Ltda.
CNPJ 79873451/0001-93
I.E. 25.619.609-5
CMC 27855
Rua Princesa Izabel, 508 – Andar 3
89201-270 Joinville, SC 




Abrangência da distribuição do Jornal O Vizinho (JOV):
Cada edição tem tiragem de 5.000 exemplares distribuídos gratuitamente de porta-em-porta nos bairros, distritos e localidades de Joinville, atingindo em cada edição, em média, 20.000 moradores.
A distribuição é feita nos domicílios residenciais e comerciais de Joinville onde moram e ou trabalham mais de meio milhão de consumidores nos seguintes bairros, distritos e localidades:
Adhemar Garcia, Anita Garibaldi, América, Atiradores, Aventureiro, Boa Vista, Boehmervaldt, Bom Retiro, Bucarein, Canela, Centro, Comasa, Costa e Silva, Dona Francisca, Espinheiros, Fátima, Floresta, Guanabara, Glória, Iririú, Itaum, Itinga, Jardim Iririú, Jardim Paraíso, Jardim Sofia, Jarivatuba, Jativoca, João Costa, Morro do Amaral, Morro do Meio, Nova Brasília, Paranaguamirim, Parque Guarani, Petrópolis, Pirabeiraba, Profipo, Rio Bonito, São Marcos, Saguaçu, Santa Catarina, Santo Antônio, Ulisses Guimarães, Vila Cubatão e Vila Nova

Resumo histórico do Jornal O Vizinho (JOV)
Em seu livro "A Terceira Onda" Alvin Toffler previa, já na década de 70, que "os diários de circulação de massa enfrentariam crescente competição de um nascente bando de semanários e quinzenários de minicirculação que servem não só o mercado de massa metropolitano, mas também bairros e comunidades específicas dentro dele, proporcionando publicidade e notícias mais localizadas".
Na década de 80, Tom Peters, em seu livro "Prosperando no Caos" previa as grandes transformações da economia mundial e ensinava que o futuro era dos pequenos negócios, das pequenas empresas. "Cerque o grande pelo pequeno" pregava.
Foi com o ensinamento destes dois livros que Altamir A. Andrade, fundou o Jornal O Vizinho (JOV) em abril de 1991; dividindo Joinville, Araquari e Garuva em 15 grandes regiões e criando um jornal específico para cada uma delas, com notícias, entrevistas, publicidade e assuntos referentes aos bairros de cada região.

O que dizem os números:
Jay Conrad Levinson (um dos mais importantes autores em negócios do mundo), em seu best seller "Marketing de Guerrilha", afirmou (através de pesquisas) qual a mídia com maior retorno ao marketing de varejo: 46,6% mala direta; 32,4 % jornal; 9,1 % televisão; 4,0 % Rádio e 7,9% não tinham opinião. Como o JOV é ao mesmo tempo mala-direta (não personalizada) e jornal (de bairro com entrega grátis), nosso potencial é de 79%.
Marca reconhecida desde 1991, ganhadora de prêmios do SEBRAE ("Empresário de Sucesso Nacional" e "Talento Empreendedor Catarinense"), o JOV é o único veículo de comunicação impressa que entra sistematicamente em 150.000 domicílios nos bairros de Joinville e cidades vizinhas.

Diferenciais:
O JOV tem distribuição gratuita de porta-em-porta e atinge os leitores que assinam jornais e também leitores que não assinam jornais;
Seu anúncio no JOV tem muito destaque: Usamos como regra ter no máximo 50% do conteúdo em propaganda, ou seja, nossos anunciantes são poucos e selecionados;
Opção de anúncio ou encarte no jornal: os patrocinadores realizam seus negócios através do jornal, com uma ótima relação custo-benefício;
Matérias do bairro, da comunidade: o foco é local e a prioridade ambiental;
Temas não-factuais fazem que o JOV seja lido por muito tempo depois de sua distribuição;
Poucas páginas (máximo oito) em formato tablóide;
O JOV resulta da "combinação" melhorada de dois meios de comunicação: a mala-direta e o panfleto.

Compare:
A mala-direta não atinge a todos: por mais selecionado ou abrangente que seja a lista (mailing); enquanto que o JOV é distribuído até para aquele potencial cliente que você "nem imaginava que teria interesse pelos seus produtos e serviços";
Mala-direta é pura propaganda. O leitor vai até a caixa de correspondência abre (quando abre), lê rapidamente (quando lê) e joga fora. Já O Vizinho envolve seu anúncio com conteúdo jornalístico útil ao leitor;
A panfletagem não-domiciliar é, em Joinville, ilegal – nossa empresa está dentro das normas do Código de Posturas do Município;
Você usa o JOV (marca reconhecida e respeitada) para abrir portas, entrando no domicílio, onde as pessoas podem lhe dar maior atenção;
Na mala-direta, compare nossos preços (anúncios e encartes no JOV) com o que você gastaria com:
1) produção do mailing;
2) montagem do envelope ou pacote;
3) selos;
4) controle da entrega;
Com o JOV é possível direcionar a publicidade aos bairros que mais interessam e atingir 100% deles.

Anunciar no Jornal O Vizinho (JOV) significa:
Contar com preços acessíveis e a melhor relação custo benefício;
Ir até a casa do seu cliente ou potencial cliente, presenteando-o com um jornal útil e querido pela comunidade;
Colocar sua mensagem publicitária dentro deste jornal;
Atingir os domicílios de porta em porta, com um meio de comunicação grátis (seu cliente não paga para ler o seu anúncio que vem acompanhado de conteúdo jornalístico);
Ter garantia que a entrega do material é realizada e monitorada;
Contar com o apoio de um veículo reconhecido desde abril de 1991;
Patrocinar um meio de comunicação social que dá acesso grátis à informação e reivindicação para todas as pessoas de nossa comunidade;

Visão Comunitária do Patrocinador/AnuncianteAtravés desta abrangência, mais de meio milhão de pessoas têm acesso a serviços, informações e reportagens que muitas delas jamais teriam acesso. Pessoas que são exemplos e fazem trabalhos nas comunidades, que ajudam a melhorar o mundo e a diminuir o sofrimento de várias famílias recebem destaque e aparecem como exemplo, incentivando outras a também darem a sua contribuição. Essa iniciativa melhora a vida de muitas pessoas pelo poder do reconhecimento. É assim, com a democratização da informação, através de um veículo sem restrições e sem discriminação social, religiosa, política ou racial, que o JOV se transforma em uma poderosa e saudável arma nas mãos do povo. Através desta iniciativa comunitária a população recebe mais atenção das autoridades.

Como é possível viabilizar este projeto socioambiental?
Tudo isto só é realizável porque o amparo comercial está representado nas empresas com visão de mercado que patrocinam esta idéia (o JOV tem a melhor relação custo/benefício para seu produto ou serviço chegar de casa em casa). Além de melhorar a qualidade de vida na cidade de Joinville e região, o JOV é um canal alternativo para vender produtos ou serviços e se consolida como o melhor veículo, a melhor mídia, para conquistar o cliente sem cobrar e exigir dele qualquer esforço. O patrocinador assume também o papel de Conselheiro e ajuda a construir um veículo cada vez mais identificado com sua comunidade.

Missão Atual, Razão Mundial “FOCO NO MEIO AMBIENTE” – essa é a grande missão desse veículo de comunicação social. Decidimos, na década de 1990, por essa linha editorial. Esse é o assunto que recebe a maior atenção nas edições. Abrimos espaços para denúncias, discussões e exemplos que possam melhorar a cidade e a região ampliando o trabalho investigativo sobre esse que é um dos problemas que assombram a população mundial. O Jornal O Vizinho (JOV) se apresenta como importante veículo de educação ambiental.

Alguns Clientes:
Prefeitura Municipal de Joinville; Governo do Estado de Santa Catarina; Governo Federal; Univille; Faculdade Cenecista de Joinville; Shopping Mueller; Shopping Cidade das Flores;  Bobs; McDonalds; Colégios Adventista; Anagê Imóveis; Cia Latino Americana; Drogaria Catarinense; Farmácia Preço Popular; Quiminorte; Lojas Colombo; Ajorpeme; Net Joinville; Lira Brasil, Casa do Cartucho; Cia Águas de Joinville

Para nos encontrar:
Rua Xavantes, 476 - Bairro Atiradores
89203-210 Joinville - Santa Catarina - Brasil

Para nos contatar:
Fone/fax 47 3433-9121
http://www.ovizinho.com.br/
ovizinho@bureau.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário